• Vinícius Abrantes

Vereadora leva denúncia ao MP sobre rescisões milionárias paga pela Prefeitura de Luziânia

A denúncia solicita que o MPGO averigue se os valores pagos estão em conformidade com a lei.


Faltando pouco mais de um mês para o fim do mandato da atual gestão, foi identificado que a prefeitura de Luziânia realizou pagamentos milionários referente a rescisões trabalhistas de 11 pessoas.


A denúncia foi apresentada na manhã de hoje (27/11) pela vereadora Diretora Ana Lúcia (DEM). Os beneficiados com as rescisões foram ex-secretários ligados a gestão de Cristóvão Tormin entre os anos de 2014 e 2019.


De acordo com a denúncia feita pela vereadora, os valores ultrapassam a casa dos 2 milhões de reais. Os valores foram pagos com a justificativa de cobrir despesas referentes a diferença salarial dos períodos de janeiro de 2014 a março de 2019.

Nas redes sociais, a vereadora Ana Lúcia, responsável pela denúncia desabafou.


Luziânia está sendo alvo de um governo que acha pouco o prejuízo que deu para os cofres público, agora resolve pagar diferenças salarias chegando a mais de R$ 300.000,00 reais cada. A soma de 11 rescisões está dando um montante de mais de R$ 2.000.000,00 (dois milhões), não tem município que aguente uma pouca vergonha desta.”, disse.
“O candidato a prefeito do atual prefeito é um dos contemplados, além de ser parente do mesmo!!! Secretários e o antigo administrador do Jardim Ingá. Olhem algumas das diferenças salariais pagas que ABSURDO!!! Natal gordo nas custas do dinheiro público!!!”, completou.

Confira alguns dos valores pagos:









530 visualizações0 comentário

© 2020 por Jornal O Democrático.  Orgulhasamente criado por Funfix Digital.

  • Instagram - Black Circle
  • Facebook Black Round