• Vinícius Abrantes

Renovação na Câmara Municipal de Luziânia pode superar os 50%

Dos 21 vereadores eleitos em 2016, 15 disputarão a reeleição e 6 ficarão de fora da disputa por uma cadeira do legislativo.


Vereadores eleitos em 2016

Muito se fala em renovação, uns arriscam a dizer que mais de 50% da câmara será renovada, ou seja, dos 21 vereadores eleitos no pleito de 2016, aproximadamente 10 serão reeleitos. O percentual de não reeleitos parece ser ousado, mas não é. Em rápida análise podemos perceber que é possível sim ter mais da metade das cadeiras renovadas.


Dos 21 eleitos em 2016, 6 já anunciaram que não serão candidatos a vereador em 2020, a saber: Diretora Ana Lúcia, Zé Maria, Télio Rodrigues, Valdirene Tavares, Eliel Júnior e Zezinho do Açougue. Os dois primeiros estão disputando as eleições majoritárias na condição de vice, os demais, estão apoiando os seus grupos como coordenadores de campanha e presidentes de partidos.

Os vereadores citados representam mais de 30% das cadeiras, isso nos leva a concluir que se apenas 5 vereadores que disputarão as eleições não obtiverem vitória já teríamos o resultado de 50% de renovação, pois somariam 11 vereadores não eleitos.


Exemplificando: 6 não concorrem + 5 não eleitos = 11 vereadores (Mais de 50%).


Essa simples análise nos leva a concluir que a câmara de vereadores terá muitas “caras novas” na legislatura 2021-2024.

© 2020 por Jornal O Democrático. 

  • Instagram - Black Circle
  • Facebook Black Round