Luziânia volta a celebrar a sua festa mais tradicional que, este ano, completa 269 anos de história


Após dois anos suspensa devido à pandemia da Covid-19, a Festa do Divino volta a ser realizada em Luziânia a partir deste final de semana. Reconhecida pelo IPHAN, em abril de 2010, como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil, a Festa do Divino Espírito Santo celebra, em 2022, 269 anos de história e tradição. “É uma imensa alegria o retorno dessa celebração histórica e tão importante para nós, Luzianienses. A Festa do Divino Espírito Santo é uma manifestação genuinamente popular, que traduz o espírito festivo e alegre do nosso povo”, afirma o prefeito de Luziânia, Diego Sorgatto.


A festa tem o seu ápice no Domingo do Divino, 50 dias após a Ressurreição de Cristo, no Domingo de Páscoa, segundo o calendário da igreja católica. Oriunda dos Açores, região de Portugal, onde é conhecida como as Cavalhadas de São Pedro, a festa mescla festejos religiosos e profanos e reúne uma série de manifestações, tais como passagem da Bandeira do Divino, novena, folias, procissão, missa, reinados, e este ano, eventos esportivos.


1º Corrida do Divino Espírito Santo


A Festa do Divino deste ano contará com a primeira Corrida do Divino que acontecerá neste domingo (29), no conhecido Balão da Santa. São várias modalidades entre corrida para adultos e crianças e caminhada. O evento conta com o apoio da Prefeitura e terá várias premiações que totalizam R$ 20 mil reais. Evento esportivo passará a fazer parte das comemorações da Festa.


Delícias da Festa


Como de costume, após as celebrações, os festeiros se deliciam nas barracas de comida que ficam localizadas no Centro Comunitário da cidade. O pontapé para esta parte importantíssima da Festa acontece no sábado com o jantar de Confraternização e segue ao logo da celebração. De acordo com o Reitor e Pároco do Santuário Santa Luzia, Pe. Silvino Caixeta, o biscoito de queijo frito é o mais famoso e procurado, seguido pelo pastel. “O biscoito de queijo já faz parte da tradição da Festa. Impossível participar do evento e não experimentar”, disse.








Programação


Dia 27/05 – Sexta às 19h00 – Carreata de abertura da Festa do Divino


Dia 28/05 – Sábado as 19h30 - Jantar de confraternização no Centro de Comunitário Pe. Bernardo

Dia 04/06 – Sábado às 21h00 – Hasteamento da Bandeira do Divino e acendimento da Fogueira, e em seguida leilão.


Dia 05/6 – Domingo às 12 – Grandioso leilão de gado no Parque de Exposições.


Dia 06/06 – Segunda às 18h00 – Tradicional Leilão de encerramento dos festejos e às 19h00, bingo.