• Vinícius Abrantes

Luziânia está entre as cidades do estado que mais desvaloriza os professores

Municípios do Entorno e a valorização do professor


Reprodução da internet

Dizem que em uma sociedade séria o profissional mais importante é o professor. Por isso resolvemos pesquisar entre as cidades do Entorno Sul de Brasília como anda a valorização dos professores. Uma das maneiras de fazer essa medição é através do salário pago aos profissionais de cada município.


De cara ficou constato que Cidade Ocidental é a que paga os maiores salários (base) e Luziânia, a que paga os menores. A lista de maior valorização salarial fica assim: Cidade Ocidental em primeiro Lugar, Valparaíso em segundo, Novo Gama em terceiro e Luziânia em quarto.


Dentre as cidades pesquisadas, só Luziânia não paga o Piso salarial Profissional aos seus professores.


Segue a lista dos valores recebidos em cada município (salário base):


Cidade Ocidental:

Professor Graduado: R$ 3.801,06

Professor pós-Graduado: R$ 4.371,22


Valparaíso de Goiás:

Professor Graduado: R$ 3.221,89

Professor pós-Graduado: R$ 4.112,03


Novo Gama:

Professor Graduado: R$ 2.924,51 + 30% de gratificação

Professor pós-Graduado: R$ 3.548,41 + 30% de gratificação


Luziânia:

Professor Graduado: R$ 2,886,24

Professor pós-Graduado: R$ 3.316,68.


Vale ressaltar que de acordo com o Plano de Carreira dos municípios, um professor com apenas pós graduação recebe mais que um professor com doutorado em Luziânia.

50 visualizações

© 2020 por Jornal O Democrático. 

  • Instagram - Black Circle
  • Facebook Black Round