Luziânia é a primeira cidade do entorno a vacinar pessoas com 50 anos sem comorbidades

Atualizado: há 4 dias


Prefeito Diego Sorgatto

Dentre as cidades que fazem limite com o entorno do Distrito Federal, Luziânia vem se destacando em relação a vacinação contra a Covid-19. Foi a primeira a concluir a imunização do grupo prioritário de idosos e a primeira a iniciar vacinação de grupos com comorbidades, deficiências e Síndrome de Down, a partir dos 18 anos.


A vacinação deste último grupo se deu através da realização de um mutirão, chamado Mutirão Pela Vida, que terá uma segunda edição no próximo sábado (12). O público alvo desta nova ação serão as pessoas de 50 a 59 anos sem doenças preexistentes (sem comorbidades). Com isso, Luziânia será também, a primeira cidade a vacinar na faixa etária dos 50 anos na região. Em paralelo ao mutirão, existe ainda um cadastro de reserva para 40 anos ou mais disponível na página da prefeitura.


Atualmente a Secretaria de Saúde do município está vacinando todos os trabalhadores da educação, da rede pública, privada, do ensino infantil ao superior. A previsão é de que sejam imunizados cerca de 3 mil profissionais da área esta semana.


Para o prefeito, Diego Sorgatto (DEM), a intenção é vacinar o mais rápido a população do município. “Apesar da falta de vacinas, entendemos que somente através delas iremos voltar à normalidade”, afirmou. Diego faz ainda um apelo para que as pessoas que receberam a primeira dose não deixem de concluir o esquema vacinal. “Contudo, é preciso tomar as duas doses, ou todos os nossos esforços terão sido em vão”, concluiu.

17 visualizações0 comentário