"Guerra" pelo pequi: Goiás e Minas Gerais disputam título de capital nacional

Com os dois lados defendendo ferrenhamente suas produções, há quem tenha sugerido que a capital do ouro do Cerrado seja o município de Mineiros, em Goiás



Um projeto de lei em tramitação na Câmara dos Deputados que pode colocar mineiros contra goianos em uma disputa inusitada. O deputado federal Marcelo Freitas (PSL-MG) apresentou na quinta-feira, 4, uma proposta que torna Montes Claros, no norte mineiro, a Capital Nacional do Pequi.


O governador Ronaldo Caiado (DEM) foi um dos goianos “incomodados” com o PL. No Twitter, ele disse que acionou o deputado José Nelto (PODE-GO) para mobilizar a bancada do estado contra o texto.


“Não tem base essa história de um deputado mineiro querer transformar Montes Claros (MG) na capital do pequi. Pequi está no DNA goiano. Muito mais que símbolo de nossa culinária, faz parte de nossa cultura”, defendeu Caiado.


Na sequência, em tom bem humorado, o governador de Goiás propôs um acordo. “A gente deixa o ‘trem’ e o pão de queijo para vocês, mineiros, e em troca ninguém mexe no nosso pequi. Combinado?”

52 visualizações0 comentário