04_PONTO_BannerWeb-728x90px.gif

Central de monitoramento reforça cuidados no Hospital Estadual de Luziânia

Tecnologia facilita o acompanhamento dos pacientes na UTI


Priorizar o cuidado dos internados é a primeira meta estabelecida desde a reinauguração do Hospital Estadual de Luziânia (HEL), em maio de 2020. A partir desse momento, a unidade hospitalar ampliou seus leitos, realizou treinamentos e se tornou o HCamp que mais salvou vidas no estado de Goiás. Agora, o HEL complementa o tratamento oferecido aos pacientes da unidade com uma moderna central de monitoramento.


Os profissionais da equipe assistencial contam com um equipamento tecnológico que reúne as informações de todos leitos de UTI. Dados como pressão arterial, frequência cardíaca e saturação de oxigênio são transmitidos em tempo real com o intuito de monitorar uma possível alteração no estado de saúde dos pacientes.


Todo o monitoramento já era realizado individualmente em cada leito, agora todas as informações são reunidas em um único equipamento que fica localizado logo em frente ao posto de enfermagem da Unidade de Terapia Intensiva. A iniciativa acelera o atendimento no caso de possível necessidade de auxilio médico, proporcionando um cuidado mais rápido, seguro e eficaz.


Esse novo recurso faz parte da meta de proporcionar uma recuperação tranquila e segura para seus internados. Toda tecnologia já está em funcionamento e auxilia 24 horas por dia os profissionais de saúde que trabalham na UTI do HEL.


Para o diretor-geral do HEL, Francisco Amud, a central auxilia na capacidade de visualização de parâmetros fisiológicos dos pacientes. “O benefício principal é garantir segurança e agilidade em uma possível necessidade de ação precoce. Ter uma resposta rápida pode salvar vidas”, afirma.


Certificação

Com o investimento contínuo em metodologias e processos para garantir uma assistência de qualidade aos pacientes, o hospital obteve a certificação nível 2 da Organização Nacional de Acreditação (ONA), organização não-governamental e sem fins lucrativos que atesta a qualificação de serviços de saúde no Brasil utilizando uma extensa metodologia de avaliação e também de certificação na qualidade dos processos e de segurança realizados nas unidades hospitalares.


Em âmbito nacional, o hospital é até agora o único hospital de campanha a ter o nível 2 ONA. “Essa conquista garante que os usuários do HEL terão, diariamente, um serviço de qualidade e que as equipes profissionais do hospital permanecerão em treinamento constante, visando a manutenção dessa grande conquista do SUS”, finaliza o diretor-médico do HEL, Alexandre Amaral.

728x90.gif