Caiado afirma que não comprará vacinas contra Covid-19 por conta própria

Goiás seguirá calendário do Ministério da Saúde



O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), afirmou nesta quarta-feira (9) que o estado não vai comprar vacinas contra a Covid-19 por conta própria e vai seguir o calendário nacional de imunização do Ministério da Saúde. Ele informou que os insumos necessários para vacinar a população estão sendo providenciados.


“O estado pode comprar a vacina, vai propor sua política de vacinação? Não, isso não existe”, afirmou.

“O Plano Nacional de Imunização é uma prerrogativa única do Ministério da Saúde. Aquilo que é obrigação do estado, o estado de Goiás está à frente, tendo adquirido todo esse material e insumos necessários para iniciarmos a vacinação. Então, não tem vacinação do estado de Goiás, de São Paulo ou do Acre. Existe a imunização que será feita pelo Ministério da Saúde distribuído aos estados de acordo com os grupos identificados como prioritários”, afirmou.


O governador também fez duras criticas a João Doria. “Quando Doria diz que começará o plano no dia 25, isso é de uma irresponsabilidade, de uma mesquinhez. Em vez de privilegiar a ciência, a saúde, com um gesto responsável, ele passa a falar em uma vacina que não tem certificação para ser aplicada nem na China nem em nenhum outro lugar! Qualquer vacina que amanhã tenha certificação, o governo poderá adquirir. Seja Oxford, CoronaVac, Sputnik V, qual for”, disse Caiado.

53 visualizações0 comentário