Adversários não conseguem romper a hegemonia do governador Caiado na região do Entorno do DF


Caiado reverteu a relação institucional de governo em apoio eleitoral e conseguiu atrair uma base de sustentação importante, com políticos que eram da base Marconista


Deputado federal Célio Silveira, Governador Ronaldo Caiado e Prefeito de Luziânia Diego Sorgatto
Deputado federal Célio Silveira, Governador Ronaldo Caiado e Prefeito de Luziânia Diego Sorgatto

Com quase um milhão de eleitores, o Entorno, depois da região metropolitana, é a mais importante macrorregião em densidade eleitoral do estado de Goiás, e é decisória para quem pretende se eleger ou reeleger aos cargos majoritários, como de senador e governador. E nesta questão, Ronaldo Caiado (União Brasil) larga substancialmente à frente de seus adversários, com apoio da maioria dos prefeitos e vereadores da região. Enquanto isso, pré-candidatos patinam ladeira abaixo quando se trata de conquistar apoios pela antiga “terra do ném”.


Gustavo Mendanha (Patriota), por exemplo, não conseguiu o espaço esperado e o nome “não decolou”, como se diz no linguajar popular. Ao contrário, conseguiu apoio apenas algumas lideranças derrotadas e que estão fora do cenário político como Sônia Chaves, no Novo Gama e alguns ex-vereadores. Também tem se aproximado do ex-prefeito, Cristóvão Tormin (PRTB), que foi afastado do cargo por duas vezes sob acusação de assédio sexual contra servidoras.


Já Marconi Perilo (PSDB) conta com o apoio isolado da deputada Leda Borges (PSDB), que foi derrotada em Valparaíso de Goiás pelo atual prefeito, Pábio Mossoró, nas eleições municipais em 2020. Nem Marconi e nem Mendanha definiram a candidatura ao Governo do Estado, mas correligionários dão conta de que podem se unir para enfrentar o exército eleitoral de Caiado, que nas últimas pesquisas, venceria às eleições ainda no primeiro turno.


Fala-se em exército, justamente porque é basicamente isso que descreve mais fielmente o apoio que o governador Caiado tem na sua base de apoio no entorno do DF. Começando pelo maior colégio eleitoral da região, Luziânia, com 124 mil eleitores, Caiado tem o apoio irrestrito do prefeito Diego Sorgatto (União) e de 18 dos 21 vereadores da cidade. Também conta com os prefeitos de Formosa, Gustavo Marques (Podemos), de Águas Lindas, Lucas de Carvalho (Podemos), de Valparaíso, Pábio Mossoró (MDB), de Cidade Ocidental, Fábio Correa (PP), de Novo Gama, Carlinhos do Mangão (PL) e de Cristalina, Daniel do Sindicato (União).


Caiado conta ainda com o apoio de vários pré-candidatos a deputado estadual, e com o deputado federal Célio Silveira, que trocou o PSDB pelo MDB de Daniel Vilela, o vice do governador nestas eleições.